Interrupção de chamada

Robson Braga de Andrade inaugura novas unidades do SESI e do SENAI no Pará

Presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) participou das solenidades na última quarta-feira (4). Mais moderna, unidade do SENAI vai duplicar capacidade de atendimento. Já o SESI Ananindeua é referência em sustentabilidade

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, participou, na última quarta-feira (3), da inauguração da nova unidade do SENAI Mauriti, em Belém. Com as obras feitas no local, a instituição duplicará sua capacidade de atendimento, além de expandir sua atuação em áreas estratégicas do mercado de trabalho.

A unidade ganhou um novo bloco administrativo e um novo pavimento com dezesseis novas salas de aula. Além disso, foram ampliados e modernizados os laboratórios que irão abrigar toda a área automotiva, o que faz do SENAI Mauriti um Centro de Referência na área. Foram 1.523,16 m² de área acrescida e 1.421,66 m² de área reformada. Com a ampliação, será possível ofertar mais de 60 cursos nos segmentos da área Automotiva (Mecânica de Automóveis e Mecânica Diesel), Mecânica de Motocicleta, Vestuário, Alimentos, Tecnologia da Informação, Segurança na Operação de Equipamentos Móveis e Logística, nas modalidades de Aprendizagem, Qualificação Profissional, Iniciação e Aperfeiçoamento e Habilitação Técnica.

Em visita às novas instalações, Robson Braga de Andrade destacou que a instituição acompanha os avanços tecnológicos do mundo do trabalho. “Nós ainda nem conhecemos as profissões dos próximos 10, 20 anos. Tudo está mudando muito rápido e o SENAI busca andar junto com este desenvolvimento. Muito me orgulha saber que o Pará, representado por esta unidade, tem contribuído com a nossa missão de capacitar bons profissionais e desenvolver tecnologia para contribuir para um país mais independente e competitivo”, ressaltou. 

Para o presidente do Sistema FIEPA, José Conrado Santos, os investimentos realizados na escola criam um ambiente favorável para os empreendimentos que queiram se instalar no estado. “Os investimentos têm chegado e temos possibilitado, por meio de nossas expertises, um cenário muito confortável para que as indústrias se desenvolvam. Essa moderna estrutura que inauguramos do SENAI ratifica nosso empenho em oferecer sempre o melhor para o setor produtivo”, disse Conrado.

SOBRE O SENAI MAURITI - O SENAI Mauriti atua em Belém desde 1970, sendo a segunda escola da instituição fundada no estado do Pará. Inicialmente criado para atender prioritariamente a área de Mecânica Diesel, era conhecido como Centro Diesel da Amazônia. Com a diversificação de segmentos atendidos, a escola passou a chamar-se SENAI Centro de Desenvolvimento da Amazônia (CEDAM). Em 47 anos de existência, a unidade do SENAI já capacitou mais de 74 mil pessoas para o mercado de trabalho.  Com o espaço novo e mais moderno, a instituição reforça sua posição como referência em educação profissional e em soluções para o setor produtivo.

UNIDADE SUSTENTÁVEL DO SESI - Ainda na visita que fez ao Pará, Robson Braga de Andrade participou da solenidade de inauguração de uma nova escola do SESI, localizado em Ananindeua, região metropolitana de Belém. O SESI Ananindeua foi todo pensado a partir do conceito de sustentabilidade, proporcionando maior interação dos alunos com a preservação dos recursos naturais e criando um novo estilo de educar.

A escola possui sistema fotovoltaico, que a partir da captação da energia solar gera cerca de 50% do consumo total de energia da escola e converte em créditos o excedente repassado ao Sistema Nacional de Energia. Uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) separa os resíduos, tratando e devolvendo os líquidos para reaproveitamento e os sólidos para adubo. Um sistema de captação recolhe a água da chuva e dos sistemas de refrigeração, concentrando em uma cisterna 60 mil litros de água, que pode atender por até cinco dias a higienização dos banheiros e irrigação das áreas verdes sem depender do sistema público de abastecimento.

Outros recursos presentes na unidade são sistemas de iluminação eficiente, com uso de lâmpadas LED; de automação com rede de comunicação para eficiência da iluminação dos espaços, controle inteligente para acionamento de bombas d’água, monitoramento via Web do consumo de energia elétrica e de equipamentos elétricos e eletrônicos, e sistema de climatização que reduz o consumo de energia na ordem de 40% em relação aos sistemas de climatizações convencionais.

 “O SESI possui 600 escolas no Brasil e poucas dispõem dos recursos e benefícios que esta (de Ananindeua) tem. É dessa educação pautada nestes princípios de cidadania e sustentabilidade que o Brasil e o mundo precisam para um futuro melhor”, destacou Robson Andrade. Atualmente a escola é referência para outras instituições de ensino e demais edificações sustentáveis.

Relacionadas

Leia mais

Presidentes da CNI e da Federação das Indústrias de Rondônia inauguram novo complexo educacional do SESI e do SENAI
VÍDEO: SENAI treina russos que vão competir no torneio mundial de profissões técnicas

Comentários

Interrupção de chamada Mapa do site